05.09.2016

Assaltos em transportadoras de valores e gangue da marcha à ré fazem empresas buscarem tecnologia antiterrorismo

Assaltos em transportadoras de valores e gangue da marcha à ré fazem empresas buscarem tecnologia antiterrorismo

Os últimos assaltos em transportadoras de valores – em março na cidade de Campinas, abril em Santos e agosto em Santo André – mostraram uma nova maneira de invasão, onde os criminosos utilizam o carro ou explosivos para arrombar o portão, facilitando a retirada de grandes quantias dos locais. A mesma forma é utilizada nas ações conhecidas como a ‘gangue da marcha à ré’. Nestes casos, cada vez mais comuns, eles arrombam as vitrines das lojas. Esta audácia dos criminosos aumenta a cada dia, fazendo com que as empresas tenham que buscar novas tecnologias para impedir assaltos.
 
Uma destas tecnologias inovadoras é o pilar retrátil Urbaco, da CAME do Brasil. A multinacional italiana, especializada em soluções de controle de acesso, trouxe o Urbaco no meio do ano passado para o país. Este sistema é muito usado no exterior para impedir que veículos se aproximem de embaixadas e palácios – o Pentágono utiliza esta tecnologia-, devido ao risco de ataques terroristas.  Após a exposição destas ousadas ações criminosas, a procura por orçamentos quadruplicou neste primeiro semestre, em relação aos seis meses anteriores.
 
“Atualmente, este aparelho é o que temos mais pedidos de orçamento. Principalmente as empresas e grandes lojas começaram a buscar o Urbaco, que oferece uma solução eficiente para que veículos não autorizados acessem locais restritos. Este mês de agosto foi o que tivemos mais pedidos concretizados desde quando trouxemos esta tecnologia para o Brasil”, conta Marco Antônio Barbosa, diretor da CAME do Brasil.
 
O sistema é composto por pilares que podem ser acionados a distância para abaixar, quando o acesso é liberado, e subir, quando existe a necessidade de restringir a entrada. Um teste realizado no Reino Unido provou que o Urbaco consegue conter dois caminhões a 80 quilômetros por horas (confira no link: https://youtu.be/SHbyW9OeTiQ).
 
“Cada vez mais temos que buscar sistemas que ofereçam formas inovadoras para aumentar a segurança das propriedades privadas e públicas. Não existe terrorismo aqui, mas o aumento da criminalidade gera insegurança. Para atender o mercado, buscamos o que é de mais moderno no mundo. Como os criminosos buscam formas diferentes para burlar a segurança, temos que inovar para ajudar a inibir estas ocorrências”, completa o diretor da multinacional italiana.

Sobre a CAME
Presente no Brasil desde 2010, com sede em Indaiatuba/SP, a CAME Group é uma empresa de origem italiana com mais de 40 anos no mercado e líder mundial em produtos para automação de acesso, com certificações ISO 9001 e ISO 14001. Hoje a CAME está presente com filiais em 17 países e mais de 350 distribuidores exclusivos no mundo todo. O Grupo CAME é uma holding que controla três empresas produtivas - CAME Cancelli Automatici, BPT Sistemas de automação residencial e industrial, e Urbaco - e uma empresa de assistência aos clientes - a CAME Service Itália. A empresa dedica-se à excelência na oferta de equipamentos e assistência técnica de alta qualidade, inovação e performance no segmento de controle de acesso e automação predial. A empresa desenvolve projetos customizados para clientes de diferentes segmentos de mercado, com foco na melhor solução em controle de acesso e automação predial. No seu portfólio de produtos, a CAME oferece o que há de mais moderno e robusto em cancelas, portas e pilares automáticos, correntes e automatizador espivotantes ou deslizantes, entre outros. Veja mais em: www.came-brasil.com

Contatos com a imprensa:
 
Nikolas Capp
Telefone (19) 2136-3524 | (19) 99606-1507
nikolas.capp@alfapress.com.br
 
 Thaís Frausto
Telefone (19) 2136.3506
thais.frausto@alfapress.com.br

Postado por Alfapress Comunicações | 0 comentários
Marcadores: CAME

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...