18.01.2011

E para que serve um twitter?!

E para que serve um twitter?!

Geralmente me perguntam isso quando descobrem que sou usuário dessa rede social que virou mania na internet. A resposta para essa pergunta pode variar bastante, já que o twitter de uma empresa pode divulgar os produtos e serviços oferecidos, um perfil jornalístico pode divulgar notícias, o twitter de uma celebridade mostra os projetos em que ela está envolvida e uma página pessoal serve, principalmente, para registrar o dia-a-dia da pessoa. Além disso, o site permite o contato rápido entre as pessoas, com troca de mensagens (os famosos tweets).

À primeira vista, o site pode parecer meio inútil ou mais uma bobagem digital. No começo, eu também relutei, mas, por pressão dos amigos e pela vontade de conhecer novidades na internet , acabei cedendo. Para aqueles que ainda não acharam uma função no site, fique sabendo que nem os próprios criadores do twitter tinham uma definição muito exata do microblog. Dick Costolo, CEO do site, definiu nesse mês que a missão do twitter é "conectar instantaneamente as pessoas de todo o mundo com os assuntos que são mais importantes para elas".

Nesse sentido, o twitter é uma ferramenta muito interessante, já que possibilita debates com diversas pessoas sobre os assuntos mais relevantes do momento, seja um filme de sucesso, um programa da TV ou um novo produto no mercado. Atualmente, o twitter é um "termômetro" das principais tendências e assuntos do momento. Tudo acontece primeiro no twitter. Só para lembrar, foi no site que as campanhas na Copa de 2010, como o "Cala a boca Galvão", nasceram. A sensação de estar "conectado" com outras pessoas é viciante e reflete bem a cara da nossa sociedade atual, que exige cada vez mais conectividade e a constante troca de informação.

Minha sugestão para quem ainda não conhecem o site é fazer um perfil e começar a acompanhar o que acontece na "twitterland". Já vi pessoas que não passaram dos três tweets e deletaram a conta. Outras não se encantaram com o site e deixam a página estática. Mas há aqueles que ficaram viciados e não abrem mão do twitter como forma rápida e fácil de se informar e manter contato com outras pessoas. O importante é conhecer o twitter e parar de julgar como "besteira" ou "perda de tempo" um site que vem conquistando cada vez mais pessoas no mundo inteiro.

Felipe Guines (ou @FGuines no twitter), pensando alfa.

Postado por Alfapress Comunicações | 0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...