03.09.2010

Eaton prevê crescimento de 20% com remanufaturados

Eaton prevê crescimento de 20% com remanufaturados

Campinas, Outubro de 2010 - A Eaton, líder mundial no desenvolvimento de sistemas e equipamentos de gerenciamento de energia, está com uma estratégia específica para o Brasil. Até 2015, a empresa almeja um crescimento de 20% anuais com a linha de transmissões, sincronizadores e embreagens remanufaturados. "Nos últimos três anos, os principais investimentos da companhia em componentes remanufaturados foram realizados no país. Hoje, temos uma capacidade instalada capaz de atender toda a demanda brasileira", afirma Ricardo Dantas, diretor de marketing da Eaton.

Entre os benefícios que os componentes remanufaturados propiciam, destaque para o preço 40% menor frente ao de produtos novos, além do forte apelo sustentável. "Remanufaturar é reciclar. Utilizamos o que já existe para desenvolver um produto com as mesmas especificidades e garantia do novo. Com isso, atendemos o cliente com a mesma qualidade e contribuímos para a redução do lixo industrial no planeta. Hoje, o nosso portfólio de remanufaturados é composto por 65 itens. Queremos ampliá-lo para 100 até 2012", destaca Dantas.

Além do preço menor, os componentes remanufaturados diminuem o tempo que o veículo fica parado para reparos. O reparo de uma caixa de transmissão, por exemplo, demora de quatro a cinco dias. Isso porque existe todo o processo de análise dos danos, de cotações e de pedidos. Com um produto remanufaturado, precisa-se apenas de um dia, uma vez que basta o tempo para a troca. "Se pensarmos que um dia parado representa perda de receita para o frotista, então entenderemos o quão vantajoso é o item remanufaturado para ele", completa o executivo.

Desde 2007, quando se iniciaram as operações da linha de remanufaturados no Brasil, a Eaton registrou um crescimento exponencial no respectivo setor na ordem de 66% ao ano. Em âmbito global, a empresa é o maior player do setor de autopeças em remanufatura.

Postado por Alfapress Comunicações | 0 comentários
Marcadores: Eaton Corporation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...