25.01.2021

Festa Literária da Serra Imperial promete levar crianças ao mundo da fantasia

Festa Literária da Serra Imperial promete levar crianças ao mundo da fantasia
Em tempos tão difíceis de pandemia por conta da Covid-19, que levou o mundo ao isolamento social, deixou crianças longe da escola e sem contato presencial de amigos e professores, o lúdico é de suma importância para que elas possam acalentar as emoções através da arte da leitura e de histórias que, certamente, ajudam a atravessar períodos complexos como este.
A partir deste pensamento, o Instituto Oldemburg de Desenvolvimento, entidade voltada para a valorização do livro e da leitura como ferramentas de promoção da cultura, da inclusão social e da conquista de autonomia das comunidades brasileiras, estabeleceu algumas parcerias culturais para realizar a Festa Literária da Serra Imperial (FLISI). Entre os parceiros está a Fundação Educar DPaschoal - que há 20 anos atua no projeto "Leia Comigo!", com incentivo à leitura, produção e distribuição gratuita de livros infantojuvenis em todo o país.

A FLISI é promovida anualmente pelo Instituto Oldemburg e, nesta edição, decidiu se dedicar inteiramente ao público infantil com a realização da "FLISI Contando Histórias...", proporcionando aos pequenos um pouco mais de fantasia. Ao todo, 1.000 livros doados pela Fundação Educar DPaschoal, divididos em cinco títulos, estão sendo distribuídos em pontos estratégicos da cidade de Petrópolis-RJ, ao longo do mês de janeiro. No sábado, dia 30, haverá a culminância do projeto com uma contação de histórias online totalmente gratuita, bastando acessar gratuitamente as redes virtuais da FLISI.
"Nosso foco está na saúde mental das crianças atingidas por este momento que estamos passando, com uma ação que busca incentivar o hábito da leitura entre pais e filhos e familiares", é o que deseja Cristina Oldemburg, presidente do Instituto Oldemburg e idealizadora da FLISI..
"Decidimos sair do Centro de Petrópolis e migrar para os outros distritos com o intuito de chegar mais perto das comunidades que mais precisam ser prestigiadas, realizando um trabalho social focado em uma ação junto às associações de moradores e instituições sociais locais, com foco no público infantil e juvenil, levando o livro para a casa de crianças que tem menos acesso a atividades de interação familiar", comenta Cristina.
As histórias apresentadas em cada livro da Fundação Educar DPaschoal e selecionadas pelo Instituto, pretendem munir as crianças com temas sensíveis uma vez que os textos são inclusivos, abordando questões do dia a dia de muitas crianças, suas dificuldades e anseios.

"Estamos felizes com a parceria e a ação reforça nosso propósito. Os livros trazem conteúdos que promovem valores, diversidade, pluralidade exercício da cidadania. A premissa é despertar a paixão pelos livros incentivando a leitura e o prazer na busca pelo conhecimento." explica Simone Santos, coordenadora de projetos da Fundação Educar DPaschoal.
As obras de literatura infantil serão distribuídas até o final de janeiro em "Pontos de Leitura" que presentearão crianças e familiares da região de Petrópolis. E o ponto alto da "FLISI Contando Histórias..." é aberto ao público, gratuito e virtual: acontece no dia 30 de janeiro a contação de histórias online das obras "O livro que lia livros", de Sandra Aymone, às 10h; "Muito mais que um jardim", de Sandra Aymone, às 11h; "O grande dia", de Patrícia Engel Secco, às 14h; "A Casa Amarela", de Keyla Ferrari, às 15h; e "A Gritadeira", de Sandra Aymone, às 16h, todos da Fundação Educar DPaschoal.
A transmissão será feita nas redes sociais da FLISI, através dos endereços @festaliterariadaserraimperial (Instagram) e facebook.com/festaliterariadaserraimperial (Facebook). A contação também pode ser acompanhada no Youtube pelo endereço https://www.youtube.com/channel/UC4jkFLWS6_tckU6k52qQPhA.

Sobre a Fundação Educar DPaschoal
A Fundação Educar é o investimento social da companhia DPaschoal e há 30 anos atua com educação para a cidadania como estratégia de transformação social. Seus projetos - divididos nos eixos "Educar Para o Protagonismo", "Educar Para Ler" e "Cooperando com o Social" - visam garantir que as pessoas se reconheçam como protagonistas de suas vidas e de suas comunidades, desenvolvam habilidades e sejam verdadeiras agentes de mudança para um futuro melhor.
Postado por Alfapress Comunicações | 0 comentários
Marcadores: Babysol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...