19.11.2010

Guapé/MG terá luxuoso complexo imobiliário

Guapé/MG terá luxuoso complexo imobiliário

Campinas, Novembro de 2010 - O Brasil está em evidência, o mercado de luxo no país está aquecido e os consumidores cada vez mais ávidos por tecnologia e inovação. Para surfar nessa onda, empresários atentos às últimas tendências de mercado vão lançar um dos complexos imobiliários mais luxuosos do país em uma península paradisíaca, no Lago de Furnas, em Guapé/MG. Trata-se do Terramare Península, empreendimento de mais de 500 lotes, que vai contar com Clube Náutico, Mall, Hotel SPA, Clube Equestre, Aeroclube, Espaço Gourmet, serviços pay-per-use e complexo esportivo.

Segundo Jayme Resende, um dos idealizadores do projeto, de classe AAA, visa trazer à região sudeste um conceito inédito de moradia, levando em conta o potencial econômico da região. "Há espaço para o mercado de luxo crescer no país e é nele que investimos", afirma, completando que além do mercado alto padrão, o lançamento deve movimentar - e muito - a economia da região. "Desde que foi anunciada a obra, a região de Guapé/MG está em crescente valorização. Além disso, serão gerados cerca de mil empregos diretos durante as obras e, após a construção das casas, também haverá novos postos de trabalho, para trabalhos de manutenção e serviços domésticos".

O VGV (Valor Geral de Venda) do empreendimento é de R$ 220 milhões - valor baixo se comparado a investimentos na grande São Paulo, porém muito elevado para um projeto com essa localização. Vale lembrar que Guapé/MG tem quase 15 mil habitantes. A dimensão do negócio é tamanha que, para dar início as atividades, os investidores se reuniram com as prefeituras e empresários locais, a fim de encadear iniciativas, frente à demanda que virá. "Segmentos como construção civil, hotelaria e gastronomia serão diretamente impactados. É preciso que haja infraestrutura para suportar o crescimento", declara Resende.

Em fase de pré-venda, as 191 unidades da primeira fase já está com metade dos lotes vendidos. A expectativa dos investidores é que, até a data de lançamento, em novembro de 2011, os lotes estejam esgotados. A área total do complexo é de 516 hectares. O condomínio residencial ocupará 1.695.655 metros quadrados, fracionados em 559 lotes, com áreas a partir de mil metros quadrados. Dez hectares serão utilizados para os núcleos comuns, 220 hectares ficarão disponíveis para futura expansão e 117 hectares de área livre.

Postado por Alfapress Comunicações | 0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...