27.11.2017

IDH apoia Campanha Mundial de discussão de gênero na sociedade

IDH apoia Campanha Mundial de discussão de gênero na sociedade

Sábado, 25 de novembro, foi o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher. Data de início de uma campanha mundial de 16 dias que terminará em 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. A Iniciativa para o Comércio Sustentável (IDH) participa da campanha para enfatizar o quão necessário é abordar o gênero nas cadeias de valor.

Para a IDH, as mulheres são as principais impulsionadoras do crescimento e da sustentabilidade. As práticas de exclusão que existem afetam negativamente as condições de vida das mulheres e também reduzem a produtividade e o fornecimento em todos os setores de commodities. 

Ao abordar o gênero, será possível tornar as mulheres menos vulneráveis à violência, por meio de atividades de capacitação e discussão, não só melhorando a produtividade no trabalho, mas também a qualidade de vida em geral.

Em setembro de 2017, a IDH global lançou um Guia de Ferramentas para Discussão de Gênero. A instituição entende que, para alcançar a igualdade e o empoderamento, não se pode considerar o gênero como um tema isolado, mas como um assunto a ser aplicado em todas as intervenções e problemas do cotidiano. O conjunto de ferramentas foi um ponto de partida para se falar sobre o problema da desigualdade de gênero por meio de estudos de casos em commodities e inspirar a integração de gênero em suas abordagens. 

O Guia aborda detalhes práticos descrevendo os principais passos e diretrizes que ajudam a refletir sobre o papel do gênero nas processos existentes ou em desenvolvimento. Ele também ajuda os participantes a identificar oportunidades e barreiras que os trabalhadores, agricultores e gerentes podem enfrentar nos programas.

O objetivo final da IDH é garantir a igualdade de gênero e o empoderamento nas cadeias de fornecimento globais por meio de parcerias público-privadas. A IDH continuará abordando o gênero nas cadeias de valor, tendo em mente que a equidade na educação é uma maneira poderosa de criar mudanças significativas no futuro.

“Aqui no Brasil, iremos incluir em nossas ações no Mato Grosso atividades que destaquem e envolvam ainda mais o trabalho das mulheres no campo, trazendo maior reconhecimento e novas abordagens de discussão de gênero”, afirma Daniela Mariuzzo, Líder do do Programa de Territórios da IDH no Brasil.

Cerca de 160 países e centenas de organizações, empresas e entidades participam da campanha trazendo pontos de vistas e declarações acerca do tema. No Brasil, ela acontece desde 2003, por meio de ações de mobilização e informações.

A ação da IDH pode ser acompanhada pelo www.twitter.com/IDH_buzz.  

Sobre a IDH
A Iniciativa para o Comércio Sustentável (IDH) é uma organização sem fins lucrativos que reúne empresas inovadoras, organizações da sociedade civil e governos em parcerias público-privadas para transformar mercados no sentido de alcançar produção, comércio e consumo com maior sustentabilidade ecológica e social. A IDH opera globalmente em 11 setores de commodities e em 12 territórios em mais de 40 países. Com seus mais de 500 parceiros, a IDH desenvolve, conduz, cofinancia e avalia modelos de negócios inovadores que têm o potencial de gerar sustentabilidade em larga escala. Saiba mais em: www.idhtrade.org. 

 

Postado por Alfapress Comunicações | 0 comentários
Marcadores: Pakalolo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...