01.11.2018

RTRS e Indústria de Salmão discutem sustentabilidade na alimentação marinha

RTRS e Indústria de Salmão discutem sustentabilidade na alimentação marinha

 

A Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS) e a Salmofood, Indústria de Salmão do Chile, realizaram um workshop que reuniu 50 lideranças, interessadas em incorporar os princípios e critérios da RTRS em suas cadeias de valor para a sustentabilidade da soja e, ainda, atender as exigências do Conselho de Manejo da Aquicultura (ASC).

O ASC reconheceu a RTRS como o padrão de certificação para a soja mais importante do ponto de vista ambiental. Por esse motivo, os fabricantes de rações do país devem instituir a soja certificada pela RTRS em seus compromissos com a redução dos impactos ambientais e sociais da aquicultura.

Na indústria de salmão, os processadores de alimentos utilizam concentrado de proteína de soja, farelo de soja e lecitina, que adquirem da Argentina e do Brasil. Ou seja, a soja é um ingrediente crucial na alimentação de salmonídeos e, por isso, os atores da cadeia estão trabalhando para que a gestão da cadeia seja sustentável.

“Estamos satisfeitos em ver o ASC se unir a diversas outras organizações que estão incorporando o padrão RTRS em seus sistemas internos de certificação. Mais de 70 mil créditos RTRS foram vendidos em 2017 para empresas do setor de salmão”, comenta o Diretor Executivo da RTRS, Marcelo Visconti.

Entre os temas abordados no workshop, destaque para a abordagem sobre política de sustentabilidade da Salmofood e os requisitos de certificação para as melhores práticas de aquicultura. A visita da comitiva RTRS ao Chile incluiu encontros com representantes do WWF e Skreting de Nutreco, empresa líder em soluções nutricionais para a indústria aquicultura. 

Sobre a RTRS

Fundada em 2006, a Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS) é uma iniciativa internacional pioneira formada pelos principais representantes da cadeia de valor da soja, como produtores, indústria, comércio, finanças e a sociedade civil. Os atores dessas diferentes áreas se reúnem em torno de um objetivo comum, garantindo o diálogo e a tomada de decisão por consenso. A missão da entidade é promover o uso e o crescimento da produção sustentável de soja e, por meio do Padrão RTRS de Produção de Soja Responsável, aplicável mundialmente, garantir uma produção ambientalmente correta, socialmente adequada e economicamente viável. É hoje o sistema mais confiável e avançado do mercado de soja brasileiro para alcançar a sustentabilidade. Atualmente a RTRS conta com mais de 190 membros dos países do mundo inteiro. Os princípios e critérios da RTRS são considerados um padrão multipartes que garante o Desmatamento Zero na produção de soja responsável. www.responsiblesoy.org/pt.

Postado por Alfapress Comunicações | 0 comentários
Marcadores: RTRS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...